sábado, 23 de fevereiro de 2008

" A METAMORFOSE " de Franz Kafka




Num ambiente estranho e claustrofóbico, impregnado pelo inusitado e típico senso de humor de Kafka, somos alertados, através da história de um Homem que se metamorfoseou num insecto, para um conjunto de questões actuais e pertinentes.


Surge-nos uma metáfora do mundo moderno, na qual encontramos o Ser Humano alienado pela sociedade, marginalizado, vítima de total incomunicação. Deparamo-nos com o pessimismo do indivíduo face ao futuro, o receio da perda da identidade humana e a importância das relações familiares, nomeadamente o papel do Pai.


Estamos perante uma obra agressiva e perturbadora, mas acima de tudo verídica e intemporal, que funciona como um resgate de valores e preceitos.






Sem comentários: