sábado, 5 de abril de 2008

Amor ... Liberdade ... Solidão !


" Na nossa vida quotidiana, tendemos a ver a solidão como um fardo, um incómodo. Enchemos as nossas vidas de actividades, de passatempos, de ocupações; esquecemo-nos de como é bom estar só e em silêncio.

Procuramos no amor um refúgio para a solidão; mas se não soubermos viver connosco mesmos, transformaremos o amor numa solidão a dois.

Estar apaixonado é muito bonito e é bom amar alguém. Mas estar só também tem a sua beleza.

Amar e estar só não são opostos: são estados que se complementam. Só quando aprendemos o gozo da solidão somos capazes de dar valor à companhia dos outros; e é estando com os outros que aprendemos a dar valor à riqueza da solidão. "


Osho

Sem comentários: