domingo, 1 de junho de 2008

" Um belo dia, acordei, sentei-me na cama e sorri. Não sentia já dor. E, subitamente, percebi que não existe a pessoa certa. Nem na terra, nem no céu. Nem seja lá onde for, podes ter a certeza. Existem somente pessoas, e, em todas elas, um pedacinho da pessoa certa, mas em nenhuma se concentra tudo o que se aguarda e dela esperamos. Nenhuma pessoa reúne em si tudo isso, nem existe a certa, a única, a maravilhosa, essa figura singular que nos traz felicidade. Existem somente pessoas, e, em todas elas, há escórias e um raio de luz, tudo ... "

Sándor Márai in "A mulher certa "

1 comentário:

Pedro disse...

Muito bom. Toda a gente é única e não é só uma pessoa que nos preenche. Precisamos de amizades, de novas experiências, de conhecer, porque o mundo é tudo!