sábado, 19 de julho de 2008

" Yoel ficava fascinado com a qualidade das mentiras: como é que cada pessoa forja as suas próprias mentiras? Por um rompante de fantasia, de imaginação? Despreocupadamente, espontaneamente? Com uma lógica sistemática calculada, ou, pelo contrário, de improviso e com uma falta de sistema estudada? O modo como uma mentira era tecida era visto por ele como um postigo sem protecção que, por vezes, permite que se dê uma espreitadela para dentro do mentiroso. "

Amos Oz in "Conhecer uma Mulher"

Sem comentários: