sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Comecei hoje a ler ...

" Como ele sempre dissera:
o rio e o coração, o que os une ?
O rio nunca está feito, como não
está o coração. Ambos são sempre
nascentes, sempre nascendo.
Ou como eu hoje escrevo:
milagre é o rio não findar mais.
Milagre é o coração começar sempre
no peito de outra vida. "

2 comentários:

Pedro disse...

Foi o primeiro livro de Mia Couto que li e adorei ;) Já o li imensas vezes repetidas e Mia Couto tornou-se um dos autores que mais aprecio ler!

Butterfly disse...

Olá Pedro !

Também gostei bastante de ler Mia Couto ... é genial a forma como brinca com as palavras ! ;)
Estava bastante indecisa quanto ao livro do autor que iria ler agora, mas posso dizer que a tua opinião, o título sugestivo e as ilustrações da Danuta foram essencias nesta "difícil escolha" !

Bjinhos e Boas Leituras !