sexta-feira, 17 de outubro de 2008

... e comentário ao que escrevi !

Paula:
" Li e, já agora, vi o seu texto (uma imagem é um texto). Considero inventivo e positivamente heterodoxo o processo que criou. Na sequência da minha leitura, pode dizer-se que o seu texto alimenta um discurso vivo, impressivo e que corresponde, portanto, à sensorialidade que é requerida por um texto de tipo descritivo.
Trata-se, pois, de um texto que dá ao leitor a possibilidade de viver o que está ausente da sua percepção e vivência próprias e que, para além disso, permite irradiar e criar a “impressão singularizante” de estar a ver e a fruir essa rica paisagem. "
Com toda a estima e amizade, Luís Carmelo !

Sem comentários: