terça-feira, 7 de outubro de 2008

Weltliteratur


" A literatura também se expõe, como uma pintura ou uma escultura? Uma equipa de especialistas, convidada pelo Serviço de Educação e Bolsas da Fundação Gulbenkian, reflectiu sobre o assunto e concluiu que sim. O resultado pode ser visto na Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Gulbenkian na mostra Weltliteratur – Madrid, Paris, Berlim, São Petersburgo, o Mundo! O título Weltliteratur usa o termo criado por Goethe para evocar a vertente cosmopolita e transnacional da literatura. O subtítulo Madrid, Paris, Berlim, São Petersburgo, o Mundo!, é de um verso de Cesário Verde e sublinha, de uma forma poética, essa mesma ideia. Vão estar nesta mostra vários textos literários seleccionados, pinturas, fotografias, esculturas e alguns documentos inéditos que se cruzam entre si, procurando nexos e muitas vezes relações antagónicas. O professor universitário António M. Feijó, comissário da exposição, escolheu como protagonistas principais Fernando Pessoa e os escritores da sua geração, bem como alguns dos seus mais originais seguidores, para mostrar um momento da nossa literatura em que foi verdadeiramente do Mundo, sem deixar de ser portuguesa.

Fernando Pessoa, Mário de Sá-Carneiro, Almada Negreiros, Teixeira de Pascoaes, Camilo Pessanha e Vitorino Nemésio, entre outros, serão apresentados em 11 salas autónomas, num espaço especialmente concebido e desenhado para o efeito pelos arquitectos Manuel e Francisco Aires Mateus.
A exposição será acompanhada por um programa paralelo de conferências com especialistas nacionais de reconhecido prestígio e um convidado estrangeiro. "

De 30/09/2008 a 04/01/2009
Das 10h00 às 18h00
De Terça a Domingo
Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Calouste Gulbenkian

Sem comentários: