domingo, 23 de novembro de 2008

"A alma puritana não é de molde a mostrar compaixão por aqueles que são mendigos. No código puritano não há lugar para aqueles que apresentam singularidades ou fraquezas da natureza. As virtudes puritanas são muito simples. São trabalho árduo, limpeza, disciplina do espírito e do comportamento, perseverança, coragem, piedade, conhecimento dos pecados de cada um, um desejo de perdão, ódio ao Demónio e a todas as suas obras, obediência ao clero e impaciência em relação aos idólatras.
Os idólatras, é claro, são os Baptistas, Quakers e todos os outros tipos de heréticos miseráveis."

Ann Rinaldi in "O Processo das Bruxas de Salem"

Sem comentários: