segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Vou começar hoje a ler ...

« Segunda-feira. Esta nova criatura de cabelo longo é um valente empecilho. Anda sempre à minha volta e segue-me para todo lado. Não gosto disto; não estou habituado a ter companhia. Preferia que ficasse com os outros animais. Terça-feira. A nova criatura dá nome a tudo o que aparece antes de eu poder esboçar um protesto. E o pretexto é sempre o mesmo: parece ser aquilo. Por exemplo um dodo, diz que, logo que se avista um, percebe-se que "parece um dodo". Vai ter de passar a chamar-se assim, sem dúvida. Desgasta-me tentar discutir sobre isso e nem vale a pena de qualquer maneira. Dodo ! Parece-se tanto com um dodo como eu ! segunda-feira. A nova criatura diz que se chama Eva. »

" Publicados entre 1904 e 1906 estes Diários « traduzidos do manuscrito original » são um dos mais geniais pastiches da história bíblica cujo humor delirante de Twain subverte e recria em ambiente de guerra dos sexos. "

Sem comentários: