domingo, 7 de dezembro de 2008

Li "Excertos dos diários de Adão e Eva" e ...

Mark Twain, pai de Tom Sawyer e de Huckleberry Finn, publicou os seus "Excertos dos Diários de Adão e Eva" entre 1904 e 1906.
Num exercício de humor delirante, subverte e recria, em ambiente de guerra dos sexos, a história bíblica.
O modo como o autor trata o tema da criação da mulher e do homem num paraíso ironicamente idealizado, proporcionou-me momentos de leitura muito divertidos ! ;)
Deparei-me com textos plenos de um humor corrosivo, que sabem ser poéticos quando se referem a Eva, jovem apaixonada pela vida, possuída pela curiosidade e pelo fascínio da aventura, da descoberta.
Vemos surgir perante nós a ideia de uma mulher demasiado subversiva para o início do Séc XX: incontrolável, instintivamente livre e sensual, cheia de sede de conhecimento.
O escritor atreveu-se a tratá-la como alguém mais inteligente, mais divertido, mais perspicaz, mais criativo do que Adão, figura de que Twain ironiza a mentalidade limitada, o espírito tacanho e conservador, inquinado pelo machismo e pelos preconceitos. Cheio de ideias feitas, fugindo com afinco do ser imprevisível que tenta confrontá-lo com o novo, enquanto ele se restringe à queixa.
"Excertos dos diários de Adão e Eva" é de certo modo a explicação do começo do amor: espontâneo por parte de Eva, renitente por parte de Adão ... é a história de uma paixão que termina com um ternurento epitáfio para Eva: «Adão: Onde quer que ela estivesse era o Éden». E deste modo simples, acabou por redimir o Homem. ;)

5 comentários:

Nélida Capela disse...

Não sabia que Mark Twain havia escrito sobre Adão e Eva.Por isso é tão notório partilhar conhecimento, para que ele não morramos na ignorância.

Canochinha disse...

O Menphis já tinha falado sobre este livro, mas tu deixaste-me ainda mais curiosa :D

Menphis disse...

E deste modo simples, acabou por redimir o Homem."
ai estas mulheres são todas umas convencidas LOL
Embora já tenha lido, outra edição à algum tempo, este livro foi sempre um dos meus favoritos de um grandeu autor.

Pedro disse...

Mark Twain encantou-me com Tom Sawyer e Huckelberry Finn. Este livro parece ser delicioso... Espero vir a adquiri-lo!

Christiane Veigga disse...

Um texto tão instigante e ousado que não poderia ser ignorado pelo universo teatral. Esse conto de Twain é tão atual que gerou uma montagem teatral "Diário de adão e Eva" em Salvador, do Grupo de Teatro Bastidores, a partir da livre adaptação e direção de Yulo Cezzar, idealizador do projeto, que entrará em cartaz no Teatro Molière (Aliança Francesa) em maio. A montagem é ousada, irreverente e capta a alma da obra de Mark Twain. Vale a pena conferir. Fica como dica cultural. Mais informações: www.diariodeadaoeeva.blogspot.com