terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Li "Cão Como Nós" e ...

São 117 páginas alegres e comoventes que desnudam o vínculo construído sem palavras entre um Homem e o seu cão !
Kurika ... assim era o nome deste animal dotado de uma personalidade muito especial e retratado como um ser único.
Apesar de assumir-se como mais um membro da família, copiando as pessoas que o rodeavam e imitando os seus comportamentos, não deixava de ignorar as regras da casa e criar as suas próprias normas.
Página sim, página não, temos os relatos alternados de um narrador que apesar de o saber diferente, durante muito tempo acreditou que o cão era cão e deveria ser convencido de tal realidade. Todavia, com a sua morte, acabou por compreender que aquele era um personagem definitivo no enredo familiar. Era o olhar atento, a alegria, a aproximação silenciosa, o corpo entre os pés, as manifestações durante as apresentações musicais, a empatia, a solidariedade, a presença.
Perante esta narrativa simples, dotada de uma linguagem poeticamente viva, é impossível não deixarmo-nos levar pela comoção perante a morte de Kurika.
Confesso mesmo que nas derradeiras páginas não pude deixar de sentir aquela 'lágrima no canto do olho' ! Adoooooooooooooooro animais !!! Tenho 2 cães e melhor que ninguém sei e sinto o quanto eles são cães como nós ! ;)

5 comentários:

Pedro disse...

Tenho este livro "por comprar" há algum tempo. Esperemos que seja por pouco a partir de agora!

Dreamfinder disse...

Gostava mesmo muito de ler este livro, é daqueles que me despertou a curiosidade desde que ouvi falar dele pela primeira vez. Ficará para breve, espero... Bj

Euzinha! disse...

Não lembro se te agradeci o selo, se não o fiz ainda, perdão. Deixei um recadinho pra ti no meu blog. Passa por lá.
Biquitos!

Vera Carvalho Assumpção disse...

Olá Butterfly,
tudo bem com você? E como vai essa terra tão querida que é Portugal. Adorei sua idéia de ler 50 livros em 2009. Quero entrar nessa onda e estou começando a construir meu blog. crimemisterio.blogspot.com.br
Já li alguns livros esse anos e, tão logo pegue prática, vou começar a colocá-los no meu blog.
Vou também me associar ao seu.
beijo grande

Vera

Butterfly disse...

Pedro e Dreamfinder, aconselho-vos vivamente a leitura deste livro !Lê-se muito rapidamente ( cerca de hora e meia ) e é simplesmente enternecedor, encantador, comovente ... ;)

Euzinha, já deixei um comment no teu post ... ;)

Vera, fico contente que também queiras participar na meta 50 livros para ler em 2009 !
Passei pelo teu blog e gostei bastante ... tenho a certeza que daqui por diante irei dar mais atenção a um género interessante e que até agora tem sido 'algo esquecido' nas minhas leituras ! ;)

Bjinhos