terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

" - Será que o cão tem espírito ?, perguntou-me o filho do meio.
Olhei para ele surpreendido. E acabei por responder:
- Não sei sequer se nós próprios temos espírito ou se é o espírito que nos tem ou está em nós.
- É isso o que eu queria dizer. Olha para ele.
Era um fim de tarde de Agosto, o cão estava parado frente ao mar, o pêlo muito luzidio, a cabeça levantada, narinas abertas, sorvendo o ar.
- Ele está a cheirar o espírito. O espírito da terra, o espírito do vento, o espírito das águas. "

Manuel Alegre in "Cão Como Nós" ( 8º livro lido em 2009 ... 2332 páginas lidas )

4 comentários:

Rita Mello disse...

Olá, Butterfly!
Tem um prémio no Chocolate para a Alma (http://chocolateparaalma.blogs.sapo.pt/)

Paula disse...

Prémio 66? no meu blog para ti.

NB: As fotos são lindasssssssss. OBRIGADO

bjs

Butterfly disse...

Obrigada a ambas pelos prémios !
Brevemente irão ser reclamados ! ;)

Bjinhos

Nelida Capela disse...

Paula: Vou publicar o seu texto sobre Cão como Nós. Beijo.