segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Vou começar hoje a ler ...



" É, sem dúvida, o livro mais ardente, o mais provocador e o mais íntimo até agora escrito por Le Clézio. " - Jerôme Garcin, L'Evenement du Jeudi

" Em Clézio, a biografia amplia a história, a dos indivíduos e povos, até às dimensões da lenda. " - Pierre Lepape, Le Monde

" Frida ilumina este belo livro onde ecoam as angústias de Le Clézio, o seu amor pelo passado índio e a sua arte ligada à morte. " - Anne Pons, L'Express


2 comentários:

Maria Manuel disse...

Que leitura interessante. Depois de cão como nó segue-se este livro que eu também sinto curiosidade em ler.
Boas leituras :)

Paula disse...

Tenho visto este livro nas livrarias, mas não me senti atraída a pergar nele. Vou esperar pela tua opinião...

Boas leituras