terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Vou começar hoje a ler ...

« Yalom é vencedor do prémio Commonwealth para o melhor Romance de Ficção. É bestseller em 20 países e reconhecido pelos seus “Romances de ideias”. »

" Depois do sucesso dos best-sellers internacionais Quando Nietzsche Chorou e A Cura de Schopenhauer, Irvim D. Yalom regressa com uma história ambiciosa sobre as virtudes e os princípios da terapia. Neste provocador romance de ideias, Yalom disseca a complexidade das emoções humanas através do relacionamento de três terapeutas e dos seus pacientes. Num romance tocante e angustiante, Yalom estuda as delicadas fronteiras entre terapeuta e inquisidor, confidente e amante.Seymour, um terapeuta de renome e ex-presidente da Associação Psiquiátrica Americana, é adepto de técnicas pouco ortodoxas e inicia um jogo erótico com uma paciente quarenta anos mais nova. Este tratamento alternativo parece tirá-la de uma rotina de promiscuidade e autoflagelação. Lash é um jovem psicanalista com uma fé inabalável na psicanálise e esconde o seu fanatismo sob a máscara da responsabilidade. Na busca do seu caminho, inventa uma radical abordagem para as suas sessões: honestidade brutal entre analista e analisado. Os resultados são tão inesperados como perigosos. E vê-se na situação de ser vitima da sua própria cura.Explorando os jogos de poder, Mentiras no Divã é uma história intensa, eloquente e bem-humorada, em que os dilemas da lealdade se apresentam com clareza e vigor. Um livro brilhante, inteligente e apaixonante. "

3 comentários:

K disse...

Incrível a sua capacidade de leitura... quanto tempo demora a ler um livro de 300 pps?

Cristina disse...

Não sabia que tinha saído outro dele. :)

Cristina

Butterfly disse...

K:
Adoro ler e escrever ! São dois bons vícios meus! ;)
Quanto ao tempo que demoro a ler um livro de 300 páginas, digo-te que é muito relativo !
Depende do grau de interesse da leitura, do tipo de letra, se tens outras pessoas que tb querem ler o livro, entre n factores !
Por exº, desde o dia 23 de Janeiro que estou a ler "Em silêncio, amor" ( pouco mais de 200 págs ) ... a leitura tem-se arrastado, não por o livro não ser interessante, mas por uma questão de prioridades!
Já "Quando Nietzsche chorou" ( 319 págs ) devorei em cinco dias ! ;)

Cristina:
Já há algum tempo que andava com "Quando Nietzsche chorou" debaixo de olho, mas queria agradecer-te, porque foi devido à tua opinião que finalmente decidi-me a reservar o livro !
Bem, isso e o facto de outra pessoa também ter ficado encantada com o mesmo ! ;)
Ora, daí a ter passado para este foi um pulinho !Digo-te que estou a gostar bastante e talvez até venha a encantar-me mais com este romance !
Sei que do mesmo autor também tens "A cura de Schopenhauer" e "De Olhos postos no Sol", que certamente tb irei ler !

Bjinhos