domingo, 3 de maio de 2009

Comecei a ler ...

" Um violino de Jakob Steiner, uma peça estranha ostentando uma cabeça antropomórfica que sugere ferocidade e loucura, é o objecto do desejo, a chave do enigma em torno do qual se compõe o novo romance do celebrado autor de O Jogo de Morte. Ele próprio confessou já que o xadrez e a música são duas grandes paixões suas. A música é a protagonista oculta que permeia toda a história e, por entre as notas, deixa filtrar toda a escala das emoções e dos sentimentos. Ela é símbolo de transcendência, busca da perfeição. Plena de notas dissonantes como a nostalgia e a raiva, o amor e o ódio, o ciúme e a posse. O título da edição original, Canone Inverso, introduz desde logo uma simbologia do desdobramento e do espelho, tema que o percorre página a página por entre as suas complexidades e os seus enigmas. Quem é afinal o discreto narrador ? Aquele que dá a nota de abertura, recordando-nos a origem divina da música, «o som contínuo que havia gerado o mundo, o sopro emanado das vestes ondulantes de Shiva», o mesmo autor do epílogo ? Ou será o escritor em busca de um tema, que na Viena de 1985, onde ainda vibram os ecos dos anos que decorrem entre as duas guerras, encontra esse estranhíssimo violinista cuja existência se esfuma com os últimos acordes da sua música ? Cabe ao leitor percorrer este onírico labirinto, para tentar entender o insólito versículo do Génesis que filia todos os músicos na descendência de Caim. "

2 comentários:

Livros de Bia disse...

Muito interessante, pelo menos pela sinopse! Outro livro que eu quero muito ler sobre violinos (mas com um toque mais sobrenatural) é O violino de Anne Rice. Conhece?

Até mais!

Bia
Livros de Bia

Butterfly disse...

Olá Bia !
Ainda não li "O Violino" de Anne Rice, mas conheço a sinopse ! É do género terror, certo ?

Fico a aguardar pela tua opinião ! ;)

Bjinhos e Boas Leituras !