terça-feira, 5 de maio de 2009

Li "A Papisa Joana" e ...

Este livro narra a história, imbuída de contornos enigmáticos e fascinantes, de uma das mais extraordinárias e controversas figuras do Ocidente, a Papisa Joana.
Numa perfeita combinação entre factos históricos e aspectos lendários, crê-se que teria ocupado o trono papal depois da morte de Leão IV, no ano de 855.
Natural da Mogúncia e assumindo a identidade de um Homem ( João Anglicus ), dotada de grande inteligência e vasto saber, ela haveria estudado em Atenas, seguindo depois para Roma onde se infiltrou habilmente nos meios político-religiosos dessa conturbada época.
Depois de governar a Igreja durante dois anos, teria morrido numa procissão que se dirigia para S. João de Latrão, ao dar à luz uma criança.
Seja verdadeira ou falsa a história desta mulher ( e acredito que seja verídica ) é inegável o facto de estarmos perante um minucioso e vivo panorama histórico, quer dos usos e costumes dessa época em que se desmoronava o império de Carlos Magno, quer das suas intrigas e enredos, tanto de carácter eclesiástico, como político e social.

Por outro lado, desmistifica algumas das ideias que temos acerca da Idade Média, que tendo ficado conhecida como Idade das Trevas, foi certamente uma Idade de muitas Luzes.

Entretanto, e segundo o site oficial do livro, a história está a ser adaptada ao cinema. Estou curiosa para ver uma vez mais qual vai ser a reacção do Vaticano em relação ao filme. Sim, porque relativamente a "Anjos e Demónios" sequela de "O Código da Vinci", com estreia prevista para dia 14 em Portugal, o Gabinete de Classificação de Filmes já apelou aos católicos para se absterem de ver a película porque "não favorece a religião" !

Adorei este livro, cuja leitura recomendo vivamente !
Também reacendeu em mim um antigo interesse pela arte do Tarot.
Papisa ... arcano maior, cuja correspondência astrológica com a Lua indica magnetismo e atracção. As suas qualidades são a inspiração, a sabedoria, a discrição e a memória. Revela o oculto e é fonte de energia, de esperança e de talento criativo para os artistas.
Lá vou eu voltar a rever o meu curso de Tarot ... ;)

8 comentários:

bauny disse...

Este também é um dos meus livros de eleição!! Excelente leitura!

K disse...

Que lição!

;)

Beijos marcianos

Livros de Bia disse...

Não conheço a autora nem o livro!

Obrigada pela dica!


Bjs

Bia - Livros de Bia

Edilene disse...

Esse livro é ficção ou não?

Diana disse...

Duas coisas interessantes: o livro, que eu também já ando para ler há muito tempo, mas ainda não tive, justamente, tempo. E o tarot, já que eu gosto imenso dessas artes ocultas como o tarot, astrologia, quiromancia..

E não é por nada, mas a carta da papisa, pelo que descreve, tem muito a ver comigo! heheh :)

boas leituras*

Butterfly disse...

Bauny:
Sei que este é um dos teus livros de eleição, ou não o tivesses tu escolhido para o Dia da Mulher ! ;)


K:
Lições recebo eu a cada vez que falo contigo ! Obrigada ! ;)

Bjinhos marcianos


Bia:
O livro é muito bom ! Tenho a certeza que vais gostar !

Bjinhos


Edilene:
O livro é ficção, mas baseado em factos históricos !


Diana:
Sempre gostei de tudo o que se relacione com o esotérico, o místico. E por acaso também identifico-me bastante com os significados adivinhatórios do arcano Papisa ! ;)

Bjinhos

Marcelina Gama disse...

Adoro o livro. Para mim "O" grande romance histórico.

Butterfly disse...

Sim Marcelina, não podia concordar mais contigo ! ;)

Bjinhos