segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Pecado

"Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !
Diz: qual foi o teu pecado ?
Diz: qual foi o teu castigo ?

Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !

- Trago os meus lábios comigo !

Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !
Diz: qual foi o teu pecado ?
Diz: qual foi o teu castigo ?

Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !

- Trago os meus olhos comigo.

Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !
Diz: qual foi o teu pecado ?
Diz: qual foi o teu castigo ?

Caminheiro !
Caminheiro
Que passas tão corcovado !

- Trago a minha alma comigo ..."

Pedro Homem de Mello in "Pecado"

Sem comentários: