sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Poema mestiço

"escrevo mediterrâneo
na serena voz do Índico

sangro norte
em coração do sul

na praia do oriente
sou areia náufraga
de nenhum mundo

hei-de
começar mais tarde

por ora
sou a pegada
do passo por acontecer"

Mia Couto

Sem comentários: