domingo, 25 de dezembro de 2011

Referindo-se a Veneza ...

"A luz de Inverno nesta cidade! Ela tem a extraordinária capacidade de intensificar o poder de resolução do nosso olho ao ponto da precisão microscópica - a pupila humilha qualquer lente de Hasselblad e confere às nossas ulteriores recordações uma nitidez digna da National Geographic Magazine. O céu é de um azul vivo; o sol, fugindo da sua cópia dourada aos pés de San Giorgio, requebra-se por sobre as inúmeras escamas de peixe das ondulações marulhantes da laguna ..."

Joseph Brodsky in "Marca de Água"

Sem comentários: