quarta-feira, 31 de outubro de 2012

"O tempo é apenas o rio em que vou pescando. Bebo nele, mas ao beber vejo-lhe o leito de areia e percebo quão raso é. A fina corrente logo se esvai, mas a eternidade permanece. Gostaria de beber mais fundo e de pescar no céu, em cujo leito os seixos são estrelas."
 
Henry David Thoreau  em "Walden ou a vida nos bosques"

Sem comentários: