domingo, 12 de maio de 2013

"Abro os olhos e as janelas
Faço existir o dia
Volto a fechar o leito do tempo
Entro nos bastidores do sonho
Lavo o meu corpo na luz
Estou cheio de sons e de odores
Acordar é mudar de mundo."
 
Robert Bréchon  em "Meditações Metapoéticas"

Sem comentários: